Rascunhos da Alma, dedicado à literatura poética. 

Formação Acadêmica

Formação Acadêmica

Entrei para a Escola muito cedo, em uma época que famílias da classe pobre não possuíam máquina fotográfica e fatos foram registrados na memória.

 

  Grupo Escolar Mariana Eufrásia - Bairro Fragata - RS. O nome desta professora era Iolanda, lembro sempre de seu carinho com os alunos.

 

  O Colégio Diocesano - Pelotas/RS foi criado na década de 1950 por Dom Antônio Zattera para ser a escola da diocese para as crianças a partir dos 10 anos de idade, especialmente as mais carentes do bairro do Porto. Após a reforma completa da Catedral, o bispo se dedicou aos projetos educacionais. O Colégio foi construído precisamente ao lado da Igreja do Sagrado Coração de Jesus, sede paroquial. O Diocesano teve uma ascensão, em tamanho, qualidade e em mística institucional, até chegar a ser declarado Colégio de Aplicação da Universidade Católica.

 

Escola Normal  Santa Margarida - Pelotas/RS. Esta escola marcou minha vida pois era particular. Sem condições financeiras de pagar a mensalidade dediquei por quatro anos, em horários alternados, exercer diversas atividades e mais dois finais de semana por mês, para cobrir a mensalidade.

 

2015 - Defesa do Trabalho de Conclusão de Curso do Curso de Conservação e Restauro de Bens Culturais Móveis/UFPel dia 14/12/2015.  Homenagem Póstuma no Cemitério da Santa Casa de Misericórdia de Pelotas: Simbologia do Monumento aos que morreram ignorados. Meu TCC foi sobre a iconografia e iconologia do Monumento, o qual tinha inúmeros símbolos Maçons. Foi uma tarefa gratificante.

 

 

 

 

2016 – 23 janeiro – Formatura do Curso de Conservação e Restauro de Bens Culturais Móveis/UFPel

 

 

 

DISCURSO

 

Boa Noite aos presentes

- Professora Maria Letícia Ferreira, representante do Magnífico Reitor da Universidade Federal de Pelotas; - Prof. Sidney Gonçalves Vieira, digníssimo Diretor do Instituto de Ciências Humanas da Universidade Federal de Pelotas; - Professora Silvana Bojanoski, digníssima Coordenadora do Curso de Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis do Instituto de Ciências Humanas da Universidade Federal de Pelotas; - Professora Luiza Fabiana Carvalho, Paraninfa da Turma; - Professoras Homenageadas: Karen Caldas, Isabel Torino, Veronica dos Santos; - Funcionária homenageada:  Restauradora: Keli Cristina Scolari; - Familiares e amigos dos acadêmicos formandos. Nossa turma optou por uma cerimônia simples e a consequência da escolha foi não ter nesta noite, a presença de todas as pessoas que gostaríamos como familiares e amigos, bem como, colegas da academia, os que já formados, os que cursam graduação, mestrado e doutorado. Mas temos certeza que compartilham de nossa alegria.

Agradecimentos especiais:

À nossa Patroness, Profª Maria Letícia, por seu empenho para a criação do Curso de Bacharelado em Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis, o que nos possibilita, nesta data, receber o título de Bacharel; À Profª Luiza, nossa Paraninfa, por tudo que representaste para nossa turma no passado, através das disciplinas ministrada; Às professoras Karen, Isabel e Verônica. A escolha é uma homenagem as docentes que possuem formação correspondente a nossa profissão e evidenciada pela competência; Aos professores atuantes no Curso pelo incentivo, bem como, aos que não fazem mais parte do quadro de docentes, mas que ofertaram conteúdos para nosso aprimoramento; A Restauradora Kely Cristina. Nossa escolha foi por unanimidade, por teu carinho e didática em transmitir valiosos ensinamentos nas aulas práticas de restauração, em Pintura e Madeira. Tenhas certeza que contribuíste para nossa bagagem profissional; Aos nossos familiares nosso carinho especial, pois sem a aquiescência de nos dividirem com os saberes, aqui não estaríamos.  Gratidão por permitir o tempo de perseguir sonhos, por todo apoio quando retornávamos ao convívio familiar. Pais, vocês nos ensinaram a abrir a porta, mas foi à academia que nos ensinou a atravessar a rua e descobrir nosso potencial. Hoje estamos aqui vitoriosos: pais, filhos, esposos e namoradas tendo a certeza que apoiarão as novas escolhas, pois vocês representam nosso porto seguro, a âncora de nossa existência;  Aos amigos presentes agradecemos o respeito e carinho no cotidiano.

Aos colegas. Em primeiro lugar agradeço a confiança depositada para que o discurso possa representar uma retrospectiva de nossa vida acadêmica no decurso destes 7 semestres. Não é uma missão fácil falar por um grupo de pessoas tão diferentes entre si, mas que no decorrer dos anos de academia direcionaram-se à objetivos em comum, busca de conhecimentos e crescimento pessoal.

Quando ingressamos no Curso a expectativa de aprendizado norteava nosso cotidiano. Com o passar do tempo, o questionamento de um mercado de trabalho tornou-se assunto de interesse. Tivemos conhecimento através dos mestres, notícias de órgãos governamentais e mídia sobre assuntos relacionados à nossa profissão as quais nos preocuparam, na medida em que foram observadas intervenções errôneas. Desta forma, em cada disciplina, buscamos absorver a essência do conteúdo ministrado.

O tempo na academia nos reservou inúmeras alegrias entre brincadeiras, mas também, adversidades as quais, abalaram a estrutura emocional de alguns acadêmicos. O que fizemos? Usamos da sabedoria, pois concluímos que não foram as pessoas que nos decepcionaram e sim o que projetamos em seres iguais a nós, passíveis de erros e imperfeições. Aprendemos que não é possível depositar sonhos nas mãos de semelhantes, pois em cada sonho projetamos uma partícula de nosso alicerce individual.

Em nosso Curso, através da teoria e prática, nos conscientizamos que o profissional não poderá causar danos irreversíveis ao objeto. Como futuros profissionais nosso dever é zelar pela ética, ou seja, não cometer os erros criticados, pois semear atitudes nocivas ocasiona um dano irreversível ao caráter.

Os ciclos na vida têm início, meio e fim. Hoje, aqui estamos para celebrar formalmente o final de uma etapa fundamental de nossas vidas. Sentiremos falta dos atributos individuais, a retidão das colegas Cacilda, Cristiane e Dulce, a alegria da Eduarda e Priscila, a responsabilidade da Rosangela e Suzana, a solidariedade do Eduardo e Jairo. Tenho certeza que amiúde estaremos em contato, pois formamos um grupo de pessoas especiais e unidas por valores afetivos.

Os acadêmicos da Turma 2012 dividem com os presentes os méritos de nossa conquista, pois aqui ninguém está por acaso e sim, por elos afetivos, familiar e social.

Um brinde a Deus e seu presente individual, a vida.

Gratidão.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Datas para não serem esquecidas/2022

 

24 março - Defesa do Trabalho de Conclusão de Curso em Museologia - UFSC 

 

 

 

 

 

29 abril - Formatura do Curso de Museologia/UFSC

 

Em virtude da Pandemia e estar dentro da faixa etária do grupo de risco optei pela solenidade de formatura no Gabinete do Centro de Filosofia e Ciências Humanas.

 

 

 

 

 

 

Cumprimentos Professora Renata Cardozo Padilha

 Vera querida, Parabéns pela sua formatura! Muito feliz por ter te acompanhado ao longo desses anos e por fecharmos juntos está fase sendo sua orientadora. Desejo muito sucesso e sempre muitas realizações e alegrias na tua caminhada. Conte comigo! Forte abraço e beijão. Comemore!!!

 

Cumprimentos da Coordenadora do Curso Professora Thainá Castro Costa Figueiredo Lopes

Querida Vera, por conta dos últimos acontecimentos as coisas ficaram bastante desorganizadas por aqui e infelizmente não consegui ir a UFSC para te dar um abraço, mas quero muito que você saiba que pra nós é uma felicidade tua formatura e ter uma colega como você na Museologia. Desejo que tua trajetória seja de muito sucesso, que a Museologia te traga coisas boas. Foi um prazer acompanhar tua formação, e o curso estará sempre aberto para você. Beijos.

 

Cumprimentos do Professor Valdemar de Assis Lima representante dos Docentes na formatura

Vera querida! Te admiro e te gosto muito, minha estimada colega! Agora é colega! Agradeço pelo carinho e consideração. Tu és imensa, Veroca!  Um grande

 

 

 Meu primeiro café como Museóloga no dia da Formatura.